VAZIO

Uma noite em claro.
Um nó na garganta
Um peso...
Uma angústia, uma tristeza
Lembranças...
O não querer pensar, não querer lembrar
Só querer que o tempo passe, passe, passe depressa.
Esperar ansiosa pelo novo dia.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Lisboa