terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Espectacular! Os canais de Veneza gelados!!!

Le Canard

Um Jornal com 100 anos que não aceita publicidade!
Deixo um parágrafo para abrir o apetite:
On ne veut pas de pub pour des raisons historiques, et parce que c’est le prix de la liberté. C’est pourquoi si on allait sur le net, on serait deux fois perdant : il faudrait payer les gens qui font le site, et les gens qui lisent le site n’achèteraient plus le papier – comme c’est arrivé à Libé. Économiquement, c’est se tirer une balle dans le pied.-LMH
Aqui está a o resto da entrevista:http://www.lesinrocks.com/2016/11/07/actualite/canard-enchaine-a-100-ans-deux-redacteurs-chef-se-confient-11877927/

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

A minha homenagem ao Homem!

Pondo de parte a politica, quero deixar aqui o meu apreço pelo Homem
Não deixem de ver!

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Alguém me explica.



Como é possível ficar indiferente?
Porque choro eu perante isto????

Para os amantes de livros

Tomei hoje o conhecimento deste livro que deve ser muito engraçado.
A Biblioteca à Noitehttps://Deixo a cópia da sinopse
:SINOPSE
A partir da sua mítica biblioteca pessoal, Alberto Manguel, um dos mais conceituados bibliófilos do mundo, conta-nos tudo o que sabe sobre a história, o fascínio e os enigmas das bibliotecas. Ao construir a sua biblioteca com mais de 40 mil livros num antigo presbitério em França, Alberto Manguel debateu-se com as mesmas questões de um qualquer bibliotecário caseiro: é melhor dividir por línguas? A ordem alfabética será a mais prática? Os géneros não deviam estar agrupados?

Mesmo que não existam respostas certas, neste livro Manguel conta pelo menos as melhores histórias. Há bibliotecas públicas com secções como «Esgotos: Obras Seleccionadas», e umas privadas onde, alfabeticamente, os amigos-escritores Borges e Bioy Casares ficam lado a lado. Há bibliotecários corajosos que alteram registos de requisição para salvar livros, e livros corajosos que salvam homens torturados. Há livros perdidos, livros proibidos, livros digitais, livros que ficam numa prateleira demasiado alta e livros imaginados - mas todos eles ocupam um espaço e enchem estantes pelo mundo, tal como preenchem esta Biblioteca à Noite.
www.wook.pt/livro/a-biblioteca-a-noite-alberto-manguel/18765997