terça-feira, 26 de janeiro de 2016

O VOTO, somas, subtracções e acusações....


«Voto é a forma encontrada pelos regimes democráticos para os cidadãos exprimirem as suas escolhas políticas, sociais ou morais, (no caso de alguns referendos-actos eleitorais pelos quais se decide um assunto concreto»

Confesso que não entendo toda esta conversa de ódios de estimação...

O Voto é uma escolha
Quem quis votou
Quem votou escolheu
Contaram-se os votos
Um cidadão teve mais votos do que os outros
Foi eleito.

Para quê os insultos , as somas, as acusações as culpas as discussões?
Desta vez ganhou este pelo simples facto que a maioria dos portugueses votou nele.

Os descontentes, terão que se reorganizar e trabalhar para ganharem na próxima eleição.

Respeitar para ser respeitado
Esta é a minha opinião.




15 comentários:

  1. É inevitável que se façam contagens, balanços, que se opine... Faz parte da liberdade de expressão. Convém, claro, não cair no desrespeito.

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Pedro, Considero que já está assinado :)))
      bjs

      Eliminar
  3. Luisa, exactamente, respeito para ser respeitado.
    Mas tenho lido ofensas, palavrões é inacreditável o que as pessoas consideram normal e opinativo...e estou a falar de todas as tendencias! Opinar é dizer o que o achamos ser o desejável e não o que achamos que o outro teria que escolher porque se o não fizer coitadinho é burro :))) até pode ser, mas foi o que escolheu.
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. É triste, verdadeiramente triste a falta de civismo.

    Beijinhos solidários, papoila.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :))!
      Fico contente porque não sou só eu a ver esta patetice!
      beijinhos

      Eliminar
  5. O curioso é que muitos dos que protestam os resultados nem sequer foram votar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda com mais essa agravante!!!
      Obrigada pela visita, Rafeiro Perfumado.
      xx

      Eliminar
  6. São ridículas tantas tentativas de justificação dos resultados das votações !
    Por ex., que vamos ter um PR que só foi eleito por 24% da população eleitora, face aos nºs das abstenções !
    ... mas façamos o exercício inverso :
    Já repararam que por essa mesma ordem de ideias, apenas cerca de 20% optariam por outro candidato ?...
    Afinal, acaba por ser "notável" que apenas 1/5 da população não esteja de acordo ! ...

    ResponderEliminar
  7. Nem mais, Papoila, penso o mesmo!

    Infelizmente, nem todos sabem aceitar os factos - sejam eles quais forem - e continuam a arranjar argumentos para denegrir a imagem de quem ganhou.
    Ganhou quem obteve a maioria de votos, essa é boa! :)

    Beijinhos

    PS- Adorei ler o que escreveste no post anterior. Habemus...:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Janita também gosto muito de ler a objectividade com escreves no teu apartamento virtual :)))
      bjs

      Eliminar