sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Pobres e mal agradecidos

Inquérito de rua, telejornal.
Há pessoas (adultos) incomodadas, indignadas porque todos os anos há sempre alguém que lhes oferece: umas meias ou um gorro ou gel de banho,  perfume, enfim coisas pequenas...:(
Uma das senhoras até afirma com desdém que é o que a sogra lhe costuma dar!
Não sei em que Galáxia  vivem para que nesta altura do campeonato ainda não tenham percebido que a maioria das pessoas tem reformas miseráveis ou ordenados mínimos e que mesmo assim divide o seu pequeno orçamento!
Incomoda-me.

Por outro lado, há gente que dava tudo para ter essas tais meias ou um simples brinquedo...
Apresento-lhes esta Associação http://www.nomeiodonada.pt/index.php/associacao que fiquei a conhecer no mesmo Telejornal alguns segundos depois de ter ouvido o inquérito....







4 comentários:

  1. São essas prendas que gosto de receber, menos o perfume porque é caro, a não ser que seja algum membro da família que sabe os que eu uso e está disposto a dispender esse dinheiro! Gosto de receber canecas, cremes para as mãos, velas, pulseiras... etc... ; )

    ResponderEliminar
  2. A falta de modéstia é falta de senso comum.

    Quando era criança detestava que a minha avó me desse meias, calças ou gorros, não por serem coisas pequenas, mas sim, porque só queria receber livros.

    Este ano não quero receber presentes. Só quero a amizade dos meus familiäres e amigos.

    ResponderEliminar
  3. Catarina, Cá por casa também funcionamos assim, damos prioridade aos pequeninos e entre nós cada uma dá ou não dá conforme pode ou quer sendo o mais importante podermos estar juntos.
    xx

    ResponderEliminar
  4. Ematejoca, Quando era pequena não gostava nada que o presente fosse "mole" pois era roupa :)))).
    Hoje em dia entre adultos tenho a sorte de haver bom senso e ficamos felizes com o que recebermos.
    xx

    ResponderEliminar