domingo, 28 de julho de 2013

Não seja antipático!

Be Nice To People T / print by birdarts
Be Nice To People T / print, a photo by birdarts on Flickr.
Qualquer pessoa que trabalha com o público tem que ter formação.
O problema está em quem dá essa formação.
 Como é que um empregado de mesa de um Hotel de cinco estrelas não sabe que não deve tratar os clientes por VOCÊ...., outra característica deste empregado é que era muito simpático e conversador de tal modo que cada vez que vinha até à mesa ficava calmamente conversando como se não tivesse mais nada que fazer :(((
Era uma pessoa agradável e simpática só que sem grande formação....
 "Você também quer vinho???"
"Se vocês quiserem ir tomar café na varanda...."
"Vocês estão com sorte porque hoje não está vento..."
E lá vinha ele de vez em quando dar dois dedos de conversa!!!!
Ser antipático é inadmissível mas simpático demais também pode incomodar.
Não há dúvida que no meio é que está a virtude.

6 comentários:

  1. O problema é que a situação que relata não é simpatia a mais; talvez lhe chamasse "abuso".
    E situações como estas não são tão poucas assim...
    :-)

    ResponderEliminar
  2. Pois, esse tratamento de você pode coadunar-se numa taberna, não num local supostamente de luxo. Onde as pessoas querem ir descansar, conversar, comer ou whatever em sossego. E certamente não será para confraternizar com o empregado do restaurante, por muito simpático que ele seja... :)

    xxx

    ResponderEliminar
  3. Teté,Exactamente!
    É que nem apetece lá voltar.
    xx

    ResponderEliminar
  4. Luis, Tem razão é um abuso, entre amigos conversámos sobre o assunto é que apetecia deixar lá aviso...mas se calhar íamos estragar a vida ao desgraçado do homem....
    Vencidos mas não convencidos!!!

    ResponderEliminar
  5. Num local de luxo, esse tratamento é, pura e simplesmente, inadmissível. a culpa, porém, talvez não seja do empregado mas, como muito bem diz, de quem (não) o formou para a função.

    ResponderEliminar
  6. Embirro! Ainda hoje embirro quando um(a) empregado(a) vem à nossa mesa e usa o termo “guys”, não significando “homens” mas sim “homens e mulheres”. Mesmo que esteja com uma amiga à mesa, é normal perguntarem: What do you guys want to order?” Nesta altura não estarei num hotel de cinco estrelas, apenas num restaurante normal. Mas que fazer, se é um hábito que praticamente todos têm?

    ResponderEliminar