segunda-feira, 7 de maio de 2012

Os anos setenta

A Revista Sábado fez um número especial sobre os anos 70.
Gostei de recordar como eram aqueles tempos.
A Revista fala, obviamente, do antes e do depois do 25 de Abril eu só deixo aqui um mini resumo de algumas coisas que nem conheci mas que achei  piada
Para saber como eram as casas, como se vestiam as pessoas e quais os seus hábitos deve ser interessante ler o livro História da vida privada em Portugal
A Rádio Renascença, de segunda a sexta-feira transmitia a novela radiofónica «simplesmente Maria» foram mais de quinhentos episódios   que nenhuma dona de casa queria perder.
Na alta sociedade os homens orgulhavam-se de dizer que as suas mulheres não precisavam de trabalhar...
Petiscava-se no Ramiro, jantava-se na Casa da Comida (caríssimo), bebia-se um copo no Procópio, dançava-se no AD LIB e ia-se ao Parque Mayer
No Porto,os petiscos seriam no Astronauta, jantava-se no Escondidinho, bebia-se um copo no Pifo, dançava-se no Twin's e os espectáculos eram no Cinema Batalha.
Dos parágrafos anteriores pouco ou quase nada fiz porque ainda não tinha idade, andava a estudar e as minhas voltas eram mais baratas!!!
No dia do Festival da Canção juntava cá em casa os amigos, jantávamos, fazíamos apostas  e eram noites muito animadas.
Às segundas ninguém perdia o ZIPZIP
A televisão  acabava às 23 horas as luzes das montras apagavam-se às 21h
Como a vida mudou!


Sem comentários:

Enviar um comentário