segunda-feira, 25 de abril de 2011

Folar de Carne- A minha Páscoa

Folar de Carne by Farruska
Folar de Carne, a photo by Farruska on Flickr.
Desde criança que a Páscoa é especial para mim.
Começa a Primavera, os campos estão cheios de flores e cores e regresso a casa dos meus avós.
Reencontro com tios e primos e  começa uma semana  muito especial.
Saímos de cá logo no primeiro dia de férias, dantes a viagem era de 10 horas...agora em cinco estamos lá!
Chegávamos sempre de noite a família estava toda à nossa espera, a mesa como sempre, estava posta, comíamos qualquer coisa, e as crianças iam para a cama porque no dia seguinte a acordávamos todos muito cedo.
Lá em casa nunca houve e ainda não há televisão. Houve o hábito de ouvir Rádio e os mais velhos todas as noites ouviam as notícias.
No norte a mesa está sempre posta, há Folar de carne, presunto, enchidos, vinho e muitos doces...as visitas normalmente seguem directas da porta de entrada para a mesa :) lembro-me de ver sempre gente de volta da mesa, grandes conversas, grandes gargalhadas.
A minha semana era fantástica, entre subir ás árvores e brincar durante a manhã e passear pela Serra pela tarde, os nossos dias eram organizados   pelo meu tio e pelo meu pai.
Íamos pela Serra, íamos ao rio, víamos ruínas, Castros, Capelas, fornos comunitários....Chegávamos a casa esfomeados e cansados. A mesa era posta por nós e a minha tia quase que fazia um prato diferente para cada pessoa tentando agradar a todos! Durante a semana faziam-se os preparativos para o Domingo de Páscoa.
No Domingo de manhã, eu e as minhas primas íamos buscar uma tia avó, que era excelente doceira.Todos os anos fazia um Pudim de 24 gemas...uma bomba! E um bolo de noz , húmido e coberto por claras em castelo:extraordinário!
A viagem era de 25km e a minha tia não nos perdoaria se as sobremesas não chegassem à mesa impecáveis: por isso íamos as três, uma para conduzir as outras duas para segurarem nos doces, digo-vos que era uma grande responsabilidade :))
Não me lembro nada do que se comia ao almoço...
A refeição era muito demorada e animada.
Pela tarde , com as colchas nas janelas e as portas abertas esperávamos que o padre viesse benzer-nos a casa.
O nosso jardim tinha o chão cheio de pétalas de camélia, as glicínias e os lilases estavam esplendorosos e tenho ideia que era sempre um dia de sol...
Depois da visita do Padre era o fim da festa e para nós uma tristeza porque as férias tinham acabado e tínhamos que regressar a Lisboa.
Nessa altura as férias acabavam logo  seguir ao Domingo de Páscoa, pelo que regressávamos na segunda.
Enquanto tive avós as minhas férias foram sempre assim: perfeitas!
É do que mais gosto recordar e foram os melhores tempos que vivi.
Quanto mais "envelheço" mais certeza tenho que quero  ir para a província,  gosto cada vez mais do campo e aos poucos vou-me afastando da cidade e até da praia...
Espero que tenham tido uma Pascoa Feliz.

10 comentários:

  1. Que memórias mais bonitas Papoila!

    Olha, ficaram-me os olhos nesse folar de carne...fez-me lembrar que não como há imenso tempo uma bola de carne bem caseira...

    Beijos grandes

    E bom regresso ao trabalho...

    ResponderEliminar
  2. Tudo que soubesse a férias era um prazer sem fim!
    E repara que hoje ainda continua a ser!

    ResponderEliminar
  3. Obrigada, Loli!
    Esperoque a tua Pascoa tenha sido muito boa.
    xx

    ResponderEliminar
  4. mfc, é verdade férias são sempre bem aparecidas :)
    xx

    ResponderEliminar
  5. Oi moça, que saudade daqui!

    Feliz Páscoa atrasada! =)

    Beijoss

    ResponderEliminar
  6. Adorei a tua Páscoa! Parabéns pela escrita! A minha Pàscoa nunca teve nada de especial, mas a Páscoa dos meus filhos quando eram pequenos, talvez tenha tido: a caça aos ovos no jardim:)

    ResponderEliminar
  7. Clara, Olá! tanto tempo sem passares por aqui. Muito trabalho? Boa Páscoa também para ti... já lá vou visitar-te.xx

    ResponderEliminar
  8. Mae, obrigada! Foram recordações...só mostra como é importante o tempo que se passa com os filhos quando eles são pequenos. Com certeza que os teus se vão lembrar da caça aos ovos :)
    xx

    ResponderEliminar
  9. Olá Papoila, obrigada por teres escolhido a minha foto para ilustrar a tua escrita. O folar é também uma forma minha de relembrar a Páscoa de outrora, mais simples mas mais vivida (?) e o de carne, o meu favorito, continua a ser o que a minha Avó materna continua a fazer todos os anos :-)

    ResponderEliminar
  10. Farruska, O Folar desta foto está perfeito, só lhe falta o cheirinho :)
    Obrigada pela visita e por partilhares as tua fotos.
    xx

    ResponderEliminar