sábado, 29 de janeiro de 2011

á mesa com....


uma imagem para si
Upload feito originalmente por afonso09
Se há coisa que eu adoro é estar à mesa.
Se fosse tão boa cozinheira como sou "bom garfo" , se calhar chamava-me Nigella !
Acho que as pessoas que sabem cozinhar e/ou tocar um instrumento têm enormes probabilidades de terem as suas casas sempre cheias de amigos e as suas vidas são uma grande festa!
O meu ouvido é terrível...até vejo o programa Operação Triunfo só para ouvir a opinião do júri e saber se percebi que ouve desafinanço :)))
Quanto aos cozinhados...nem sei que vos conte! Durante a semana como comida muito simples, pão escuro, massas e arroz integrais, muitos legumes, muita fruta e leguminosas. Só faço uma refeição forte, mas é mesmo forte! Quando vou a festas, almoços ou jantares como de tudo, tudo me sabe bem!!!
Admiro profundamente aquelas pessoas que não se atrapalham nada na cozinha...duas, seis ou oito tanto faz, entre o frigorífico e a despensa resolvem a situação sem crise!!!
Eu, sou uma "original"...primeiro custa-me imenso escolher o menu, depois estou sempre preocupada com medo que seja pouco a seguir tenho medo que não fique bom...estão mesmo a ver a minha "alegria" quando tenho visitas??!?!
Em casa, no restaurante ou no picnic bom é estar entre amigos, comendo sem stress bem devagarinho, relembrando histórias, fazendo projectos.... é mesmo bom.
Lembrei-me disto porque hoje vi um ex-colega que um dia me disse que por ele não se importava que a comida passasse a ser em pastilhas...era tudo mais limpo e rápido...nem se sentava á mesa!!!!
Há gente para tudo.
NÃO SABE O QUE É BOM.

6 comentários:

  1. Olá Papoila!
    Também aprecio os "prazeres da mesa". Gosto sobretudo dum bom jantar.Adoro uma mesa bem posta, aprecio muito sabores e apresentação. Ervinhas e especiarias são o meu fascínio, e sou mais James Olivier do que Nigella. Gosto bastante de cozinhar, sobretudo de Inverno, mas não sou aquilo a que chamam "um bom garfo", não gosto de pratos demasiado cheios, e de ementas pesadas.
    Mas nunca seria adepta das pastilhas...
    Beijos
    Bom Domingo!

    ResponderEliminar
  2. Papoila,
    Comer é um dos maiores prazeres da vida... E não tem que ser em quantidade, exceptuando, em festas ou buffets – aqui a consideração de quantidade não tem cabimento! : )))

    ResponderEliminar
  3. Eu também aprecio os prazeres da mesa. Se estiver com um grupo em conversa animada,
    até a comida me sabe melhor.Obviamente que
    pastilhas nunca.
    Aproveitemos hoje o nosso dia de sol.
    Beijinho.
    No meu http:/sinfoniaesol.wordpress.com
    está um vídeo de ballet muito bom.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Também gosto de estar à mesa ... mas ao contrário da Papoila gosto imenso de cozinhar e receber os amigos em casa.
    Tinha sempre a casa cheia (falei correctamente usando o passado). Hoje vivo sozinha, mas mesmo assim "arranjo" todo um ritual de mesa...
    Uma das coisas que me "entristece" é actualmente as pessoas com quem me dou, nomeadamente os filhos e "apêndices", gostarem mais de ir ao restaurante.
    Esta noite foi de festa tive os netos a dormirem cá...adoraram o jantar, são ainda pequenotes mas disseram bem da comida sem lhes perguntar nada!
    Abracinho meu!

    ResponderEliminar
  5. Loli,
    Também eu, adoro mesas bonitas! Toalhas bordadas...eu gosto de tudo que tenha a ver com a mesa:)
    Maria Teresa,
    É verdade que há muita gente que prefere o restaurante, é talvez por ser mais cómodo menos cansativo....eu, troquei os jantares por almoços e hoje em dia os nossos festejos são normalmente ao almoço.
    Imagino como ficou babada com as palavras dos netos :), esta semana também recebi um mimo desse género que deixou encantada!! :)))

    ResponderEliminar
  6. Gosto de estar à mesa,preparar a mesa e fazer a comida. Ah! e gosto muito de planear o menu: os critérios são muitos, desde a confecção mais ou menos complicada, o gosto dos convivas, a estação do ano, as cores dos alimentos e claro o custo, que também tem de ser levado em conta.
    Depois , quando está tudo sentado à mesa a comer e a beber e a conversar, gosto de ficar ali toda a tarde ou pela noite dentro e não levanto a mesa para não quebrar o clima. Às vezes os almoços continuam para o jantar, e isso é o máximo!
    Só fico triste com uma coisa: nódoas nas toalhas...

    ResponderEliminar