quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

A Feira já não é o que era....

Durante a minha adolescência e juventude,  usei e abusei das FEIRAS!!!
Ás quartas em Cascais e ás quintas em Carcavelos não faltava uma.
É importante não faltar para não perdermos as novidades...
Quando comecei a trabalhar  passei a ir aos Domingos  à Praça de Touros em Cascais.
Fiz lá muito boas compras e só deixei de lá ir porque ela passou para a Adroana que é um sítio que não dá jeito nenhum!
Ontem, Feriado decidi ir ao mercado a Cascais.
Fui por causa das flores mas acabei por ser curiosa e dei uma volta pelas roupas.
Os gritos, obviamente são outros. Ouvi muito "...a malinha da ÓLÓKITE...olháámalinha....as crianças não se contrareiam...."..."a malinha prá menina" , sapatos à LILI CANEÇAS..
Que a gritaria seria diferente, eu já esperava o que nunca esperei foi ver uma senhora que vendia calças e na bancada tinha o seguinte aviso "fazem-se bainhas na hora" fui espreitar e  vi: a bancada, por trás, a carrinha com as portas de deslizar abertas e lá dentro... UM ATELIER de costura, com máquina de cozer!!!
Também vi que alguns vendedores já trabalham com multibanco.
Já não é nada como no meu tempo. Está bem melhor.

7 comentários:

  1. Tudo se moderniza.... as feiras tb! : )

    ResponderEliminar
  2. Adorei o atelier de costura... perguntaste o preço das baínhas?
    bjs

    ResponderEliminar
  3. Rsrsrsrs... é Papoila, não é que o tempo passa mesmo, e as coisas evoluem? Embora eu seja uma pessoa saudosista e nostálgica, adoro novas tecnologias, que vêm para beneficiar a vida da gente. Às vezes me preocupo com o exagero, mas coisinhas bacanas que nos ajudam no dia a dia, são muito bem vindas!
    Nem as feiras são as mesmas, e nem nós somos iguais ao que éramos.
    Evoluimos constantemente. Eu penso, pelo menos!

    E agradeço-a por tuas palavras lá em meu blog, pelo carinho e compreensão.

    Um beijo

    Carla

    ResponderEliminar
  4. Catarina, é verdade estamos sempre a mudar!
    Mz, Eu também adorei! Não perguntei o preço...
    Carla, concordo plenamente as novas tecnologias são uma grande ajuda e um grande divertimento!
    Quanto ás minhas visitas, vou lá com todo gosto :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Também gosto de ir a feiras mas, por incrível que pareça nunca fui à de Carcavelos, nem à de Cascais e não vivo longe.
    Abracinho meu

    ResponderEliminar
  6. Papoila, há dias, alguém dizia que 25% da nossa economia é «informal». E a percentagem vai crescer certamente, a aferir pela sofisticação dos serviços que essa economia já oferece. ;-D

    ResponderEliminar
  7. srssrsrs eita modernidade! Aparece até onde nunca imaginamos!!!

    Beijosss

    ResponderEliminar