segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Vidreira? Vidraceira????

Eu digo vidraceira...
Parti o vidro de uma janela.
Graças a Deus é coisa que não me tem acontecido com frequência e por isso só conheço um Vidraceiro!
Estava até com medo que ele já não existisse. Mas existe, só que estava fechado para férias, regressará em Setembro.
Vim para a net e procurei outro aqui na zona. Foi assim que descobri que se chamam Vidreiros...
Telefonei para o que fica mais próximo de mim.
Eram 18h31 e o telefone tocou, tocou, tocou...
...tou?
boa tarde...
....diga...
os senhores colocam vidros nas janelas? 
não, agora não...
desculpe, mas o que quer dizer?...trocavam, mas já não trocam???? ou não trocam mesmo????
...agora é muito tarde.
Sim, mas então amanhã? ???..
Amanhã também não.
Então, quando é que pode ser?
...sei lá! amanhã de manhã...não está cá ninguém
e de tarde...se quiser telefone e fica a saber!
(Ainda lhe perguntei se me podia explicar onde era a loja...mas resposta foi tão desagradável que dei por acabada a conversa)
Desejo-lhe muita saúde, despeço-me e pode ter a certeza que nunca me verá por aí.

POR OUTRO LADO, SE FOREM À DROGARIA DA TORRE, EM CASCAIS, SEJA QUEM FOR QUE VOS ATENDA, É SIMPÁTICO, EDUCADO, SABE DAR INFORMAÇÕES SOBRE TODOS OS PRODUTOS QUE VENDE, É PRESTÁVEL E MUITO MUITO COMPETENTE.





                       

8 comentários:

  1. Há cada um...até parece que não precisam de trabalhar????
    Abracinho

    ResponderEliminar
  2. Olá Papoila,

    obrigada pela sua visita. Gostei de ler os seus posts e concordo inteiramente com o "Xi-coração". Infelizmente, aprendemos desde cedo a reprimir os sentimentos, mas, quem mais os reprime, principalmente os sentimentos negativos, como tristeza ou fúria, é quem fica mais vulnerável.

    Quanto a este "Vidreira/Vidraceira", pergunto-me sempre como é que firmas destas conseguem sobreviver!!! Nem sempre a crise é a culpada pelas falências...

    A propósito: o dicionário Lello Escolar diz-me que ambas as palavras estão correctas ;)

    Bjnhos

    ResponderEliminar
  3. É isso mesmo Teresa, parece que não precisam de trabalhar! :)
    Kassia, obrigada pela informação, já calculava que as duas hipóteses eram verdadeiras mas para mim a mais comum é Vidraceiro :)

    ResponderEliminar
  4. Encontra-se lá de tudo!
    Finalmente encontrei os ímans :)

    ResponderEliminar
  5. eu permito-me discordar... há coisas que nem a evidência dos dicionários me convence. Há coisas na língua portuguesa que mesmo estando gramaticalmente correctas não escapam àquilo que dantes se chamava de estilística. Para além disso há como que uma subordinação táctica da morfologia ao sentido das coisas. Daí que, na minha modesta opinião, um «vidreiro» é alguém que fabrica vidros, enquanto um «vidraceiro» é alguém que maneja (mede, corta e coloca, por exemplo) um vidro. De certa forma há um exemplo semelhante. Os portugueses, sobretudo em África, dizem «geleira», quando se referem a um frigorífico. Já os brasileiros dizem «geladeira». Se, tanto quanto julgo saber, ambos os termos estão correctos, eu acho que «geladeira» é mais apropriado porque é um mecanismo que «faz» frio, enquanto uma geleira é uma coisa que «é» ou mantém o frio. Um banco de gelo por exemplo, uma caixa isotérmica... de certa forma um iceberg, uma bancada de gelo nas regiões polares, um glaciar...
    Nada disto é muito importante... foi um pretexto para te deixar um comentário, independentemente de ser a minha opinião genuina. Há tantos exemplos... como «bicha» e «fila», que estão longe de significar a mesma coisa, embora hoje se use indiscriminadamente «fila» só porque «bicha» tem um significado diferente para os brasileiros...
    Boas férias e um beijinho
    :))

    ResponderEliminar
  6. Nossa, já cansei de ser atendida por pessoas assim!!!

    Muita falta de respeito!!! Demais!!

    bjoos

    ResponderEliminar
  7. espumadamente
    Eu, estou contigo, mas pelos vistos o LELLO, não! :9

    ResponderEliminar