sexta-feira, 30 de julho de 2010

estou muito triste, gostava muito do ANTÓNIO FEIO

Soube ontem pela meia noite que  o António Feio tinha acabado de morrer.
Embora a hipotese de isso vir a acontecer fosse muito provável, sempre acreditei que ele ia conseguir vencer e fiquei profundamente triste, tão triste que até estou surpreendida, pois eu só o conhecia da tv e a minha tristeza é como se tivesse perdido uma pessoa chegada.
Lembro-me dele, quando ainda andava no liceu e todas a meninas o achavam giro..
Perdemos uma pessoa especial, sempre educado, que seguiu a sua carreira sem complicações, sem atropelos, com um sentido de humor fino e sem ordinarices...UM SENHOR.
Tenho-me lembrado muito dos filhos e de duas pessoas que também devem estar  inconsoláveis:
O Zé Pedro Gomes e Nuno Lopes.
O Zé Pedro que perdeu O GRANDE AMIGO
O Nuno, que teve a felicidade de ter tido um gesto fantástico quando lhe ofereceu o Globo....
Os Homens valem pelos amigos que têm....
Ele só podia ser uma excelente pessoa.

2 comentários:

  1. Também fiquei consternada, principalmente por ser alguém que manteve uma luta com um "gigante" com uma grande dignidade e força de guerreiro...
    Abracinho

    ResponderEliminar