quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Salona in Mozanbique


Salona in Mozanbique
Upload feito originalmente por mydurrtylaundry
Criança Moçambicana.
Não sei quem é.
Sei que como ela há muitas mais e quase todas precisam de ajuda.
Precisam

de ALMOÇAR
de Ir há ESCOLA
de livros
de cadernos e lápis
de roupas
de um padrinho ou madrinha que lhes escreva e lhes dê atenção...
por favor visite

www.umpequenogesto.org

4 comentários:

  1. Papoila, fiquei muito interessada neste projecto, mas tenho sempre muita desconfiança em relação a estes movimentos de solidariedade, pois sei que na maioria dos casos os donativos nunca chegam aos supostos beneficiários... Tens mais alguma informação acerca deste em concreto?

    ResponderEliminar
  2. TENHO!
    A filha de uma amiga minha esteve lá a fazer voluntariado este inverno. Gostou do que viu!
    Disse que as crianças recebem o que lhes é enviado, os donativos são administrados conforme eles pedem e acima de tudo os padrinhos/as escrevem directamente para os afilhados podendo assim estar directamente ligados ao projecto.
    Obrigada pelo teu interesse se puderes e quiseres divulga.
    bjs

    ResponderEliminar
  3. Vespinha, eu tenho uma afilhada na escolinha do andre , no xai -xai em Moçambique , e quem me meteu este bichinha foi a minha filha que lá esteve a fazer voluntariado dois meses no principio deste ano.
    Este ong paga às freiras para elas receberem as crinaças na escola durante o dia e dar-lhes 3 refeições (muito simples), o que é uma grande ajuda visto que a maioria são orfãos.
    Para apadrinhar uma criança, paga-se 135 euros por ano.
    È a primeira vez que eu dou dinheiro para uma coisa destas e é apenas porque a minha filha viu que o projecto existe, e é para ensinar crianças a ler e escrever, ou seja , o que eu considero um investimento na vida deles.
    A parte disso eu já mandei umas roupas , pois a Vera disse-me que é sempre uma festa quando recebem uma atenção.
    Enfim, se não fosse tão longe eu ajudaria de outra maneira talvez indo lá, mas assim faço o que posso.
    Espero que concordes com o meu ponto de vista e também ajudes.
    Se não quizeres ajudar com dinheiro, mas tiveres outras ideias , escreve.
    Obrigada
    Cristina

    ResponderEliminar